back

Como escolher um bom monitor?

by General Marketing for Uncategorized
Como escolher um bom monitor?

Quando vamos comprar ou alugar um notebook, chromebook ou desktop, uma das coisas que deveríamos nos preocupar são as especificações do monitor. Quem não vê as especificações corre o risco de ficar sem ver qualidade! Ignorar esse conselho pode atrapalhar bastante na hora de ver o que estamos fazendo com os programas na máquina e nos impedir de desfrutar do melhor no nosso aparelho. Tamanho, cores, resolução… Tudo isso tem de ser levado em conta na escolha do monitor ideal! São tantas opções diferentes… Justamente por isso muita gente passa por indecisão na hora de escolher o monitor de seu aparelho.  A conversa de hoje vai ajudar você a saber como escolher monitor para computador, então vem com a gente!

O Que um Bom Monitor Deve Ter?

monitor

Uma pergunta muito comum é quais seriam os pontos a se levar em consideração para saber se um monitor é bom ou não. Vamos citar alguns pontos bastante importantes na hora de fazer a escolha do monitor ideal!

Tamanho

Três fatores são muito importantes na escolha de tamanho: sua preferência, o espaço disponível para a instalação e o quanto você pode gastar. Esse último quase sempre é o primeiro fator a ser levado em conta quando se pensa em como escolher monitor para computador.

Telas de 19 até 22 polegadas são ideais para o uso doméstico ou mesmo para uso em escritório, pois o espaço disponível é menor. No entanto, se você quer ver vídeos ou curtir games, uma tela de 24 polegadas ou maior é a mais adequada.

Tipo do Painel

O tipo do painel afeta diretamente os resultados na reprodução de imagem, sendo um fator muito importante quando a pergunta é como escolher monitor. Há três tipos: VA, TN e IPS. Na hora de escolher o seu monitor, é importante saber o que significa cada uma dessas siglas:

VA – Vertical Alignment

monitor

Possui ótima qualidade de reprodução de imagem, apresentando alta capacidade na reprodução de cores vivas e os mais altos níveis de contraste. Ideal para quem trabalha com design.

O problema é o tempo de resposta, que por ser mais elevado, pode causar impactos na reprodução de vídeos e jogos.

Twisted Nematic (TN)

monitor

É o tipo mais comum no mercado, sendo o mais utilizado nos monitores mais simples e baratos. A principal vantagem desse tipo de painel é o baixo tempo de resposta.

No entanto, esse tipo de painel peca na qualidade das cores. Outras limitações são o contraste razoável (que dificulta a distinção entre tons claros e escuros) e a distorção do conteúdo em ângulos extremos (é difícil ver algo com a tela com mais de 160 graus).

In-Plane Switching (IPS)

monitor

Podemos dizer que os painéis IPS são um “meio termo” entre os VA e TN. Seu tempo de resposta é superior ao dos painéis VA,  porém inferior ao dos painéis TN. A qualidade de suas cores é superior à dos painéis TN ao que é inferior à dos painéis VA.

Essas características fazem com que monitores com painéis IPS sejam bons em todo tipo de tarefa, ainda que não sejam os melhores em cada característica.

Resolução

Na escolha dos detalhes técnicos de um monitor, a resolução ganha destaque. Quanto maior a resolução, melhor a qualidade e, consequentemente, melhor a definição.

Normalmente,  a resolução está atrelada ao tamanho do monitor e à proporção, mas há modelos que fogem à regra. Há monitores de 24 polegadas com resolução Full HD, porém existem opções desse tamanho com resolução 4K.

No geral, a decisão aqui depende mais das suas necessidades. Atualmente, a maioria das telas já vem com resolução Full HD, o que é ideal para quase todas as tarefas, incluindo filmes e jogos. Vale lembrar que não basta um monitor com boa resolução, a placa de vídeo deve suportar o mesmo, assim como a qualidade da imagem pode afetar o desempenho, exigindo tipos de processadores mais potentes.

Brilho e Contraste

monitor

Embora ignorados pela maioria, esses fatores possuem certo impacto na escolha do monitor. A regra quanto ao contraste é bem simples: quanto maior o contraste, melhor a distinção de cores e a reprodução geral de imagens. Ou seja, quanto mais, melhor.

Já no que se refere ao brilho, seus valores são definidos em cd/m² (candela por metro quadrado) e como de costume, quanto maior o valor, melhor é o nível de brilho. Monitores mais simples trazem valores de 200 a 250 cd/m², sendo ideais para trabalho e atividades do cotidiano, até porque nesses casos, o brilho não pode ser exagerado. Para gamers e pessoas que usam o PC como centro de entretenimento, vale a procura por um modelo com 300 cd/m² ou mais. Vale lembrar que, no entanto, quanto maior o brilho, maior será o preço.

Como Saber se o Monitor que Tenho é Bom?

O primeiro passo é ver se o seu monitor é adequado às tarefas que você busca realizar. Se o seu monitor é voltado para uso doméstico ou de escritório, você não precisará de muito brilho, por exemplo. O tempo de resposta também não precisará ser muito baixo, o que diminui a necessidade por monitores de painel TN. Então, vamos listar alguns tipos de funções e relacionar algumas características a eles.

Uso pessoal ou de escritório:

Resolução: Full HD

Tamanho: 19 a 22 polegadas

Brilho: 200 a 250 cd/m²

Painel: TN ou IPS (o custo pode ser menor, visto que não há necessidade de configurações muito avançadas)

PC Gamer ou para assistir vídeos frequentemente:

Resolução: 4K ou mais

Tamanho: 23 a 28 polegadas

Brilho: 300 cd/m² ou mais

Painel: TN (por conta do baixo tempo de resposta)

Para trabalhos com design ou edição de vídeos:

Resolução: 2 a 4k

Tamanho: 24 a 32 polegadas

Brilho: 300 cd/m²

Painel: VA ou IPS (as cores são importantes, então o TN não é recomendado nesse caso)

 

Gostou de saber mais sobre como escolher monitor para computador? Temos mais dicas no nosso Blog! A Convex trabalha com a locação de diversos tipos de equipamentos de TI com várias vantagens então,  confira nossos serviços! Curta também nossa página no Facebook!

Formatando o pendrive: Qual formato escolher?
Prev post Formatando o pendrive: Qual formato escolher?

Quando vamos formatar um pendrive, um cartão SD ou um disco rígido aparecem três opções:…

Tudo o que rolou na CES 2019
Next post Tudo o que rolou na CES 2019

Quando se fala em novidades na área de TI, a CES é certamente o primeiro…